The True Love

The True Love

Um dos sentimentos que mais influenciam nossa vida é o amor. Buscamos diariamente amar e ser amado. Nos lançamos como objeto amoroso, como explica a psicanálise, e buscamos a reciprocidade a tal ato. Pelo fato do ser humano, sempre faltar algo em sua vida, o amor se manifesta na pessoa amada, pois está expressa à falta que se busca.

Continuar lendo

Ore para Encontrar, não Encontre para Orar!

Ore para Encontrar, não Encontre para Orar!

Um dos grandes erros que os jovens tem cometido, em sua vida sentimental, é iniciar uma busca por um(a) companheiro(a) e ao encontrar alguém que os agrade, começam a orar por ou com esta pessoa.

O problema deste método de escolha é que a busca pela “pessoa certa” é feita carnalmente, e depois de termos escolhido com os olhos deste mundo, pedimos “ajuda do céu” para que este relacionamento de certo.

As Aparências Enganam

No livro de I Samuel 16, podemos ler quando Davi é escolhido para ser rei. Ele ainda era muito jovem, e seu reinado não seria imediato. Deus disse a Samuel que um dos filhos de Jessé seria rei. Quando Samuel viu o filho mais velho, Eliabe, Deus o advertiu logo: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração. (1 Samuel 16:7)

Aos olhos de Samuel, Eliabe era a pessoa ideal para ser rei: alto, forte, imponente; e um rei deveria demonstrar força, poder. Apesar de a sua aparência demonstrar perfeição, o seu interior não era compatível ao de um rei. E assim somos nós em nossas escolhas.

Continuar lendo

Já está namorando?

E aí, já está namorando?

Já está namorando?

Não, eu não estou te passando uma cantada, mas me diz uma coisa, você já está namorando? Não acha que já está na hora? Você está escolhendo demais, vamos fazer assim, eu tenho um amigo, e quero te apresentar!

Respire fundo, deixe todo o constrangimento e raiva passar e me responda:“Quantas vezes você já teve que responder a perguntas como essa?” E por mais que a gente acha que já superou tudo isso, cada uma dessas perguntas quando feita é como se fosse uma espada afiada, vinda de um golpe de um samurai, entrando no nosso coração.

Continuar lendo